05 Livros que te ajudarão na gestão do seu cartório

 

Fazer a gestão completa do cartório é um grande desafio. Antes de mais nada, para prestar um bom serviço e ter uma boa performance de negócio, o titular e os gestores, em seu planejamento, devem levar em consideração cinco pontos básicos: capital humano, processos, finanças, tecnologia e cliente.

Neste artigo, trouxemos 5 dicas de livros que podem auxiliar na missão de administrar esses pilares na rotina de sua serventia. Confira:

  1. ABNT NBR 15906:2010: APLICAÇÃO NA GESTÃO ESTRATÉGICA – Um guia para notários, registradores e profissionais da área (por Andre Dytz)

 

Este livro, escrito pelo idealizador da Norma ABNT NBR 15906:2010, a partir dos requisitos do PQTA – ANOREG BR criados pelo autor, esclarece para os profissionais dos serviços extrajudiciais o que está por trás de cada requisito. Informa e orienta aos Notários e Registradores, por exemplo sobre como utilizar seus fundamentos para melhor gerir suas Serventias, com foco nos usuários, no desenvolvimento de sua equipe de profissionais, criando um ambiente para a gestão estratégica, melhorando seus processos operacionais através de uma gestão sustentável.

 

 

 

  1. Gestão e Administração de Cartório Judicial. Possibilidades e Perspectivas (por José Anderson Santos Cruz e Michelle Godoy de Mattos)

 

O convite para a leitura desta obra é embarcar e debruçar nas pesquisas e nos relatos que estes autores trazem para fomentar a qualidade dos serviços prestados pelos cartórios judiciais, pois este livro sinaliza a importância das pesquisas no âmbito do judiciário, já que os pesquisadores são funcionários públicos com vasta experiência nessa área, hoje especialistas em Administração de Cartório Judicial, pela Faculdade Anhanguera de Bauru.

Eles contribuíram com relevância e com suas experiências no setor público, principalmente ao fomentar as suas práxis nos cartórios judiciais. Desse modo, pontuaram as vertentes e diretrizes que levam a melhorias das práticas do servidor público no judiciário, bem como os serviços realizados para a sociedade brasileira.

Os textos produzem reflexões sobre as estratégias da comunicação e gestão no cenário da liderança para desenvolver a produtividade nos cartórios, bem como a questão das mídias digitais, que contribuíram e contribuem para o avanço do judiciário em tempos em que a internet é essencial para promover eficiência e agilidade nos serviços no cartório judicial, além de contribuir com o meio ambiente e zerar os empilhamentos de papéis nas prateleiras dos cartórios.

Por fim, a questão da motivação, da liderança e do papel do líder para promover um trabalho com mais relações entre líder e liderado, que muitas vezes têm um cargo de chefia sem que suas habilidades para tal tarefa realmente sejam um ponto primordial para investidura do cargo. Estes textos, então, são para todos aqueles que são incentivados a conhecer o trabalho público, principalmente os serviços e processos no judiciário, para alunos de Direito e para todos que trabalham em cartório desde a esfera estadual até a federal.

 

  1. Finanças Para Cartórios (por Talita Caldas e Daniela Sciascia)

 

Inclui:

– Quadros e esquemas sobre gestão financeira

– Casos para reflexão

Normalmente, os titulares dos cartórios extrajudiciais consideram o tema maçante e burocrático, apesar de necessário. O foco neste livro é mostrar o que é a gestão profissionalizada das finanças para cartórios e como exercê-la de forma prática. São apresentadas ferramentas específicas de gerenciamento financeiro de empresas, integralmente aplicáveis a cartórios. Quando bem utilizadas, tais ferramentas podem gerar mais lucro e mais tranquilidade para a vida do titular ou do gestor administrativo do cartório. As autoras recomendam, enfaticamente, o controle financeiro adequado e sistemático para respaldar as decisões gerenciais, conferindo-lhes maior assertividade e fundamento aos fatos.

 

O tema deste livro pode, em um primeiro momento, parecer espinhoso para alguns titulares e gestores de cartório, porém de extrema importância para os que visam gerenciar a saúde financeira da unidade com maestria. Inédita no setor do extrajudicial, esta obra é essencial para os pequenos e médios cartórios, e referência de melhores práticas para os grandes.

 

  1. A importância de administrar cartórios com indicadores (por Talita Caldas)

 

Indicadores são fundamentais para apurar exatamente como está a saúde de qualquer empresa. É dessa premissa que parte a especialista Talita Caldas em seu primeiro livro, “A importância de administrar cartórios com indicadores”. Na pesquisa que fez, a autora identificou as principais dificuldades dos gestores de cartórios. A partir dela, sugere a utilização do método do Balanced Scorecard (BSC), que permite melhorias no controle administrativo, nos aspectos financeiros e não financeiros, reduzindo falhas, despesas e o risco de responsabilidade civil, além de incrementar os ganhos.

 

 

 

  1. Cartórios e Gestão de Pessoas: um desafio autenticado (por Gilberto Cavicchioli)

 

O livro de 147 páginas reúne 36 breves artigos com temas diversos focados na gestão de cartórios e divididos em quatro capítulos: Administração com Foco no Cliente, Instrumentos da Qualidade, Liderança e trabalho em equipe e Excelência no Atendimento.

O prefácio é escrito por Ubiratan Guimarães, presidente do Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB-CF).

Segundo o autor, “os artigos são bem diretos e focados, são dicas de administração e gestão de pessoas para quem está à frente do cartório”. “São adaptações de textos escritos ao longo dos últimos anos para as entidades de classe de cartórios e mídias relacionadas”, conta.

Cavicchioli explica que “o objetivo principal é levar as ferramentas e conceitos de gestão de empresas do mercado em geral para a atividade de cartório”. Todo o texto usa exemplos e linguagem do cotidiano cartorário.

Segundo Cavicchioli, muitas pessoas o questionam sobre o motivo de ter escolhido o tema cartórios e sua explicação é bem simples. “Muitos pensam que esta é uma área que não está preocupada com a eficiência, mas os cartórios estão buscando a excelência no serviço e este livro é como um manual do gestor”, diz.

Dentre os artigos do livro, podem ser destacados:

  • A administração por objetivos
  • Por que as mudanças são difíceis?
  • O Programa 5S e a qualidade do serviço
  • Você sabe conduzir reuniões?
  • Ninguém faz gol sozinho
  • Quem está livre do estresse?
  • Como lidar com conflitos?
  • Como motivar as pessoas
  • Atender e entender o cliente
  • Para reduzir as reclamações

 

Conclusão

Em síntese, saiba que a gestão de um cartório toma tempo, mas isso não quer dizer que você deve carregar o mundo com as mãos, acumulando funções e responsabilidades. Com a organização correta, você pode delegar e atribuir. Ou até mesmo departamentalizar sua serventia.

Quer saber mais sobre como melhorar sua presença digital, seus serviços e a gestão do seu cartório? Acompanhe o SEU CARTÓRIO NA WEB no FACEBOOK ou no INSTAGRAM e confira outros conteúdos do nosso blog.

 

Fontes: Amazon, ANOREG SP e Alkasoft

Deixe uma resposta